Toxina Botulínica

A toxina botulínica é produzida por uma bactéria chamada Clostridium botulinum que, quando aplicada em pequenas doses para fins estéticos, promove a paralisia controlada dos músculos causadores das linhas de expressão.

Ficou popularmente conhecida como botox, mas, na realidade, esta é apenas uma das marcas que fabricam e comercializam a toxina botulínica, não devendo ser confundida com o próprio produto.
A aplicação é feita com anestésico tópico e uso de agulhas bem finas e pequenas e, portanto, praticamente indolor.
Os efeitos podem ser notados em até 48h e duram normalmente de 4 a 6 meses, dependendo de fatores como a idade do paciente e profundidade das marcas de expressão, sendo necessárias novas aplicações.
O procedimento pode ser utilizado tanto para prevenção quanto para amenizar as famosas “rugas”, e deve ser sempre realizado por um profissional capacitado, pois o objetivo é que o resultado seja o mais natural possível.

Dentistas podem aplicar toxina botulínica?

(…) Além disso, a Lei nº 5.081/66, que regula o exercício da Odontologia, em seu art. 6º, determina que compete ao cirurgião-dentista, praticar todos os atos pertinentes ao seu mister, decorrentes de conhecimentos adquiridos em cursos regulares ou em cursos de pós-graduação, bem como a prescrever e aplicar especialidades farmacêuticas de uso interno e externo, indicadas em odontologia, como a utilização da toxina botulínica e do ácido hialurônico na área de competência profissional. – VALE, Juliano do – Presidente do Conselho Federal de Odontologia.

Brasília (DF), 04 de maio de 2018.

http://cfo.org.br/website/nota-de-esclarecimento-2/

 

Propaganda Toxina Botulínica - cópia

 

 

BUY NOW